segunda-feira, abril 27, 2009

Maratona de Madrid 2009


Já em Fevereiro quando estive em Sevilha, tinha decidido ir a Madrid. Já há muito tempo que falava nesta maratona mas o pessoal cortava-se porque diziam que tinha muitas subidas, por isso resolvi inscrever-me sozinho... depois acabaram por ir.
Uma maratona é uma maratona, nunca é fácil e o tempo da busca de records e da escravidão do cronometro (gostei do termo em espanhol para record: "plusmarca") já lá vai, e realmente no gráfico lá estava a subida no final e outras pelo meio, nada que um homem avisado não aguente, tinha também ouvido falar do calor, desta vez esteve mais para o frio, e a média altitude (sempre acima dos 600 metros - a Serra de Sintra tem 500m) teria também alguma influência mesmo ao nível dos tempos dos prós.
À partida eram cerca de 10.000 participantes, muitos estrangeiros, estavam cerca de 7ºC, no meio da molhada o Carlos F. viu o Fernando Andrade e lá fomos picá-lo :D
O inicio a subir ajudou a controlar o ritmo que se pretendia calmo, eu queria fazer uma prova em "velocidade de cruzeiro" sem me chatear muito, fazer uso de algum calo que já ganhei pois a intenção principal era fazer mais um risco no "cinturão" e não ter grande sofrimento no final, e assim foi a velocidade foi posta para as 3:45 e fui sempre certinho a ganhar "créditos" até aos 32 km e nos últimos dez dá para o que o depósito tiver, e realmente foi importante o "crédito" pois aquilo a partir dos 35 km era chato de subir, pois era no estilo de recta infindável sem ter curvas de esperança.
Gostei da organização, com abastecimentos de água de 2,5km em 2,5km, gostei do pessoal de suporte com patins em linha sempre com uma bebida isotónica pronta ou um spray analgésico ou até mesmo vaselina , era mesmo como uma farmácia ambulante que ia colocando o spray e dizia para continuar a correr. Gostei do público, quer nos pontos históricos, plaza del sol, palácio real, etc, quer nos últimos km em que dão todo o seu "ÁNIMO!" e mostram que são conhecedores do sofrimento que é fazer uma maratona ao dizerem "ESTA JÁ NÃO TE ESCAPA!" e "QUE VAS MUY BIEN! ÉS UN CAMPEON!". Gostei da coisas boas que deram no final, embora me fizesse falta um saco para guardar tanta comida e bebida. Não gostei de algum engarrafamento na zona de saída.
Gostei muito do detalhe nos resultados, os meus estão aqui:
E quem quizer ver o filme da minha prova está aqui:
E quem sabe... daqui a menos de duas semanas faço outra...
Abraços e boas corridas

7 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns Nuno. És grande : ) Keep on running ...

Abraço.
Nuno Freitas.

JP disse...

Parabéns. Mais uma. Para o ano espero lá ir, se Londres não der...

António Almeida disse...

Muitos parabéns Nuno por mais uma maratona corrida e já com vontade de acrescentar outra.
Abraço.

Anónimo disse...

Olá mestre Guru K
parabéns por mais uma feita. Como dizia o Rodrigo Silva, estas é que contam.
És um verdadeiro profissional - no bom sentido, já conheces os ritmos pelo nome, já percebes as maratonas como parte de ti, já gozas e desfrutas do caminho em cada maratona.
O prazer já chega de dentro para fora e isso é o que verdadeiramente importa - é que os caminhos a felicidade são assim, de dentro para fora, sem olhar ao que o mundo envolvente acha ou opina.
Grande abraço de um fãn e até ao Casino.
AB - Tartaruga

Fernando Andrade. disse...

Grande Nuno

Com que então, desta vez não esteve para "picardias", metendo apenas velocidade de cruzeiro !??
Mas o desfrutar de "42km de puro Madrid" é mesmo o melhor que de lá se traz ("de-lá-se-traz" - esta sonoridade é espantosa!)
Cá por mim, agora que se acabou o "ciclo espanhol", resta-me esperar pelo Porto e Lisboa com o Raide em Julho.
Se for à douradinha, desejo-lhe uma boa Prova (e mais um risco no cinto).
Grande abraço.
FA

Lénia disse...

Parabéns Nuno,

E que faças muitas mais.

Boas corridas,
Lénia

MPaiva disse...

Parabéns pelo risco no cinturão! É bem merecido!

abraço
MPaiva