segunda-feira, setembro 25, 2017

Corrida do Tejo


Pelos meus registos, esta foi a minha nona participação nesta clássica.
Este ano estou na fase final de treinos para a maratona de Lisboa e só participei porque me convenceram a ser “lebre” para um record pessoal. Assim, no sábado cumpri o meu longão e para a prova guardei as reservas suficientes para um ritmo entre os 5:10 e os 5:15/km que era o “valor” da encomenda ;)
A nossa prova foi certinha, gostei muito do sistema de vagas, partimos na segunda leva e cerca de 1km depois já estávamos com o ritmo pretendido sem ter muito para ultrapassar. A partir do segundo abastecimento o meu “rebocado” tentou afrouxar mas eu não deixei e conseguimentos ter energias para estar sempre a ultrapassar, eu ainda cumprimentei o companheiro João Lima já cerca do km 9 e em plena subida. Conseguimos cruzar a meta no objectivo principal, que era o minuto 52.
É muito gratificante ajudar alguém a atingir o seu objectivo e a ficar com um grande sorriso nos lábios, como foi o caso do meu amigo Tony.


Aqui fica a minha análise (review) da prova: 

Pontos Positivos:
- Uma clássica
- Muitos participantes
- O sistema de vagas
- Percurso
- Tempo liquido de prova

Pontos Negativos:
- Alguma falta de controlo quanto aos penetras
- Falta de saco no final da prova
- Medalha de plástico

O registo no strava:
Abraços e boas corridas,

1 comentário:

JoaoLima disse...

Foi um prazer falar contigo na prova. Deu-se foi numa altura que já estava a ficar seco de energia (em virtude dum virus intestinal que me atacou durante a semana).

Um abraço e toda a força para a Maratona!