quarta-feira, maio 02, 2007

Mais uma vez...

Corrida do 1º de Maio

Alterar os planos em plena prova nunca dará bons resultados, a ideia começar lento e terminar em força, tal como tinha tentado em Mafra, mas escolhi mal as lebres... fui a acompanhar o grande Fernando Andrade e o João Hebil a grande ritmo, de tal maneira que quando cheguei ao final da Rua do Ouro tive que abrandar pois o meu abdómen estava-se a queixar e ainda tinha a Almirante Reis para fazer... travei a fundo e fui bem lento até lá acima, cerca do Km 12 o Rodrigo Silva (devia ter feito a prova com ele!) passa por mim e diz-me para ir com ele, ainda fui durante uns metros mas o estomago não estava a gostar e voltei ao ritmo lento... ainda consegui cruzar a meta em 1h10m mas infelizmente com vómitos de novo ...(www.goruneasy.com)

Tentando verificar as razões para tal, detectei estes pontos que não sei se serão causas ou desculpas:

- No dia anterior fiz um contra relógio de natação em ritmo de competição
- O meu treino tem sido para o triatlo, a corrida tem vindo a ser reduzida
- Devia ter seguido o meu plano de prova, descer nas calmas para subir em força
- Devia ter dormido mais que 4 horas

abraços,

5 comentários:

António Bento disse...

dormem pouco e depois querem correr muito ... depressa! ;-)
pensas que és o marcelo?
abraço
ab

Lénia disse...

Ah, pois, ah, pois...Os erros pagam-se! :-))

E que tal para inspiração, o Triatlo deste fim-de-semana em Lisboa? Vamos nessa? Como espectadores...

NK disse...

Sim!

até já fiz um novo post sobre isso!

obrigado...

MOREIRA disse...

Viva Algueirão,

tb sou adepto das corridas e na última meia tb não vomitei por pouco. Coincidência ou não, tinha dormido tb 4 a 5 horitas.

É o que dá tentar sacar uns flops até tarde na véspera.

Abraço,
TCM

Fernando Andrade disse...

Olá, Nuno.
Peço desculpa de só agora vir fazer uma visitinha ao seu Blog e ao ver o relato da Prova do 1º de Maio, fiquei com a sensação que era um grnde atleta... eheheh.
Eu já sabia que iria pagar cara aquela descida maluca do Saldanha à Praça do Comércio (aliás, até me lembro de ter comentado isso).
A verdade é que, sem me aperceber, o trio desfez-se ali ao Km 8. O João Hébil dá a "sapatada" e eu, quando ia para lhe dizer "deixa-o ir, que ele está em grande forma", reparo que afinal o Nuno tinha ficado para trás.
Bom, depois foi subir, conforme me ia aguentando e acabei com 1.06.40. Apesar de tudo, quebrei menos do que esperava.
Com que então Triatlo !? Confesso que estou com saudades, pois há 4 anos que não faço nenhum. E se eu gosto daquilo...
Mas não tenho nadado nem andado de bicicleta, senão era capaz de ir a Oeiras. Ainda vou pensar nisso.
Grande abraço.
FA