segunda-feira, novembro 15, 2004


30ª 1/2 Maratona da Nazaré 14/11/2004
Relato da parte de traz do pelotão

O pelotão acumulava-se na marginal da Nazaré, o "speaker" pedia aos participantes para aplaudirem porque todo o mundo estava a acompanhar aquela prova pela internet, depois veio o companheiro Luís Miguel cumprimentar-me e perguntar se "eu era aquele do blog" enquanto eu afinava o besouro (garmin forerunner 201), a seguir cantámos todos o hino nacional antes de um original tiro de partida - "Podem Partir!!!!!".
A prova correu bem, passámos o atleta que tinha a t-shirt a dizer que queria ser o último, a pequena volta à Nazaré soube bem pelo apoio popular e pela descida para dar balanço. O meu companheiro Pedro Oliveira fez a primeira paragem para atar as sapatilhas e o respectivo sprint, ainda seguíamos ao ritmo da lebre (Gingeira -Vet 5 do Mem Martins S. C.) antes dos 10 K tomei o meu habitual Power Gel e começei a puxar um bocadito mais, o Pedro foi regar as hortas de Famalicão e lá fomos seguindo junto àquele senhor ainda em recuperação de uma operação a uma hérnia discal e a outro a recuperar ainda da Maratona do Porto mas que tem o record pessoal na meia de 1:32 pareceram-me boa companhia, para mim que não sou de muitas falas, mas gosto de me distrair com as histórias do pelotão (faz-me lembrar as minhas viagem nas carruagens do comboio Sintra-Lisboa).
Balanço final; ainda estou naquela fase em que o meu record pessoal é batido por 3 e 4 minutos, desta vez entrei na casa do 1:40. O S. Martinho bafejou a terra de D. Fuas Roupinho com um sol radiante, as nazarenas vestiram as suas melhores saias para dar a as boas vindas aos participantes desta histórica prova, que na sua 30ª edição até contou com um casal de participantes japoneses com a tradicional máquina fotográfica. Para terminar completei o "22º Km" num restaurante pequenito do qual não me recordo o nome onde continuei a ingestão de Hidratos de Carbono com uma belíssima Açorda de Marisco.

Um abraço

Sem comentários: