segunda-feira, outubro 08, 2018

3 horas nas 24 horas a correr em Mem Martins



Pronto, não é o melhor exemplo de "tapering" fazer uma prova de 3 horas a correr na semana anterior à maratona.
Na verdade, logo que soube desta prova, fiquei curioso, e ainda por cima a realizar-se, literalmente, à porta de casa. Como é óbvio não tenho preparação nem coragem para correr 24 horas, mas quando uma das provas no "menu" é de 3 horas, é claro que teria que participar. Também havia uma prova de 12 horas e uma de 6 horas, bem como as 24 horas em equipa.
Estive com as minhas filhas a assistir à partida e depois fomos passando pelo parque para ver como estavam as coisas, até estive lá às 00h00 para ver os dois participantes das 12h a partirem.
Deixo aqui o que filme da partida:

Antes das 9:00 de sábado lá estava eu de novo, desta vez como participante, éramos cerca de dez na prova das 3 horas. O circuito era feito no parque da bacia de retenção do Algueirão e nos terrenos adjacentes, cada volta tinha um pouco mais que 2 km e era feita em terreno misto, um pouco de asfalto, terra batida, trilho, passadiço em madeira, subida e descida, curvas e rectas ;). Eu parti com a ideia de fazer um ritmo de treino, o relógio não mostrava ritmos, apenas mostrava as horas e segui ao meu ritmo num grupo de três demos duas voltas mas depois o futuro primeiro classificado começou a esticar, e eu deixei-me ficar na minha onda. Aproveitei para treinar a minha nutrição para a maratona de Lisboa no próximo Domingo, estava muito sol e calor, o circuito também tinha muito pó, por isso a cada 2 voltas enchia o meu "soft flask", acabei por fazer quase 32,5 km quando tocou o meio-dia e 16 voltas à pista.
Pelas minhas contas teria ficado em 4º lugar da geral, quanto ao escalão não sabia, pois não tinha informação da idade dos outros atletas. No entanto deixei-me ficar para a entrega de prémios, e foi com muita alegria que verifiquei que fiquei em segundo lugar no escalão V40 (o vencedor era V50 e o terceiro era sénior) o que transformou esta experiência num momento inesquecível, um primeiro podium em provas de corrida, desporto que pratico há 14 anos.
Aproveito aqui para deixar os meus parabéns à organização - Real Academia - na pessoa de Álvaro Pinto, pela excelente prova, a pensar apenas nos atletas e dando as melhores condições possíveis para que tivessem uma experiência inesquecível.


As fotos são de Orlando Duarte (Obrigado!)

Deixo aqui a minha análise review desta prova:
- organização
- logistica
- kit de participante
- Oferta do livro de Dean Karnazes - "The Road to Sparta" - "A lenda da maratona"


Pontos Negativos:
- a unica nota é o passadiço de madeira, foi arranjado mas ainda deu para tropeçar umas duas vezes

O meu registo no strava:

4 comentários:

JoaoLima disse...

Muitos parabéns pela prova e pelo pódio e muita força para a Maratona!!!

Um abraço

nuno cabeca disse...

Obrigado João!

António Almeida disse...

Parabéns pelo pódio Nuno,decerto especial até por ter sido em "casa".
Boa iniciativa da Real Academia e do nosso amigo Álvaro, pena ter sido no mesmo fim de semana do Estrelaçor.
Boa maratona, fico pela meia.
Abraço,
António Almeida

nuno cabeca disse...

Obrigado António! Boa Meia no domingo! (que não esteja muito calor às 10:30)