segunda-feira, maio 12, 2014

Meia Maratona de Setúbal

Olá,
Ontem tinha que voltar a Setúbal para comemorar os 10 anos da minha primeira meia maratona.
Apesar de em 2004 ter apenas 4 meses de corrida, provavelmente estaria mais “treinado” pois o vício estava ainda em crescimento e como tal a motivação em alta. Agora em 2014 menos “treinado” mas já com muitas provas destas nas pernas, acabo por estar menos dedicado e menos motivado para estas andanças, mas mesmo assim acabo por ser surpreendido.
Nunca me tinha passado pela cabeça que o percurso tivesse mudado tanto e isso pagou-se bem caro. Quando fazemos o retorno aos 5 Km no viaduto da estrada da mitrena, estranhei, mas arranjei uma justificação; “deve ser por causa da prova dos 10k e isto vão ser duas voltas iguais…”, no entanto quando na Av. Luisa Todi viramos à direita parecia que íamos fazer a voltinha que antigamente se fazia logo no início, mas quando começamos a subir, subir, subir, (ainda pensei que íamos até ao castelo de Palmela…) entre os 10km e os 15km foi sempre do mesmo,  até ví pessoal a enganar-se no percurso tal como numa prova de trail, até que o obvio aconteceu e começou o regresso a descer até à meta, fiz mais 2 minutos que há 10 anos mas o meu GPS registou mais cerca de 300 metros que uma meia maratona, em 2004 ainda não tinha GPS…. Em Maio ;)
Balanço, muito calor e sol (hoje tenho algumas marcas dele) algum vento, um percurso que me apanhou de surpresa, teria gerido melhor os primeiros 10k, a crise actual leva a que a prova esteja mal medida e se poupe nas placas de km, só vi uma antes dos 6km que tinha o algarismo 7, se há 10 anos estivesse assim faria a prova um pouco mais perdido em termos de ritmo, pois apenas com cronometro e sem experiência tinha-mos que nos guiar pelas marcações existentes e lembro-me que muito ajudaram, ontem os abastecimentos estava bem colocados de 5 em 5 km mas nem aí havia essa indicação.
O balanço é sempre positivo e espero voltar sempre que possível.
Agora conto voltar para a corrida do oriente no início de Junho e aqui sempre que possível.
Abraços e boas corridas,

Sem comentários: