domingo, março 22, 2009

o show da ponte


Não digo que nunca mais participarei na Meia Maratona de Lisboa, mas desde ontem passou a estar fora das minhas prioridades anuais em termos de provas. Para correr 21,097 km não é preciso estar como sardinha em lata durante quase 40 minutos para aceder à ponte através de um único carreiro para milhares de pessoas, não me lembro de ter passado por isto nos outros anos, mas para o que se paga e para o impacto que tem na comunicação social deixa muito a desejar e nem sequer me estou a queixar de estar a 200 metros da linha de partida quando é dado o tiro, nem sequer dos caminheiros, acho que a solução passa pela meia maratona competitiva ser de Algés e a mini sim seria da ponte, assim as fotos ficavam bonitas na mesma e nós poderíamos correr uma meia maratona como corremos noutros locais a um preço muito mais barato.
Relativamente à minha prova, correu bem melhor do que na semana passada nas lezírias, mesmo estando uma semana inteira sem treinar e fazendo 13 km de Serra de Sintra na véspera, ainda deu para fazer uma prova calma em 1h41m.
No domingo lá vamos aos Trilhos do Pastor fazer uma aventura pela Serra D’Aire.
Abraços e boas corridas,

6 comentários:

Anónimo disse...

Amigo Mestre Guru K.
mais uma feita, mas nessas condições ... percebo-te.
talvez seja por isso que nunca fiz a meia da ponte 25 de abril. à vasco da gama já fui 2 vezes.
nesta ... nada. e provavelmente nunca serei cliente, pois correr para mim não é estar metido em grandes confusões e assumo o significado de festa como algo mais organizado e prazeirento.
seja como for, parabéns pela boa condição, nas calmas 1h41 deixa bons indicadores.
E esta semana já só vamos falar de trilhos, essa sim vai ser muita gira.
Abr.
até breve

AB - Tartaruga

Anónimo disse...

Caro Nuno
bom tempo apesar da complicação que terá passado para correr, eu pelo menos passei...
Em relação ao resto não podia estar mais de acordo, esta "meia" a mim nunca me "prendeu", motivo pelo qual não partipo todos os anos, participei em 2003, 2005 (mini), 2007 e neste 2009.
Só voltarei (se voltar) em 2011.
Boa semana e bons Trilhos do Pastor.
Abraço,
António Almeida

BritoRunner disse...

Lá estarei nos Trilhos. Relativamente a Lisboa já não corro na ponte há alguns anos a confusão é muita e só se consegue correr depois de Alcântra.

Abraço e até Domingo

José Xavier disse...

Meu Caro;

Parece-me que voce tem razao.! A organizacão tem que destinguir muito bem as coisas. A festa dentro do desporto, têm que ter espacos, diferentes.
Partir tudo ao mesmo tempo, é coisa de louco. Seria muito fácil dividir no arranque, um espaco só para os 1/2 maratonistas e mais tarde (15 minutos depois) de um outro espaco partirem os pedestres passeantes e da mini-maratona. Afinal naquela praca das portagens cabe ali milhares de pessoas divididas, por segmento de participacao.

Venham à Holanda e vão ver como se organizam estas coisas. Organizam-se por ano centenas de provas desse género, por aqui.

Afinal decerto aprendiam alguma coisa.

Um abraco
José Xavier - Holanda

Carlos Lopes disse...

Nuno

Realmente a prova deixa muito a desejar, os meus parabéns pela tua prova

César disse...

Também lá estive, pois escolhi esta prova para estreia nas Meias pelo calendário e por ser plana. :)
Aquele estrangulamento que referes foi completamente absurdo e incompreensível numa prova tão antiga.
É estúpido, pois uma prova destas podia ter muito mais participações de quem gosta de correr.

Acho que a vontade de facturar ultrapassou a vontade de fazer bem!

Abraço e parabéns pelo tempo em ritmo calmo! ;)